ENTRE O TRAMPOLIM E A ASCENSÃO: A REELEIÇÃO PARLAMENTAR NO BRASIL (1990-2014)

Autores

  • José Alexandre da Silva Júnior
  • Ranulfo Paranhos
  • Dalson Britto Figueiredo Filho
  • Willber Nascimento
  • Albany Ferreira Lima

DOI:

https://doi.org/10.4322/tp.v28i1.704

Resumo

Candidatos à reeleição levam vantagem na disputa eleitoral em relação aos desafiantes? O desempenho eleitoral deles é estável ou apresenta alguma tendência ao longo do tempo? O objetivo desse trabalho é oferecer uma resposta sistemática a essas duas questões. Para tanto, analisamos o desempenho eleitoral dos deputados federais candidatos à reeleição em sete eleições (1990-2014). Metodologicamente, utilizamos estatística descritiva e inferencial com análise de séries temporais. O banco de dados foi elaborado a partir do repositório de dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Os resultados sugerem que: (1) os incumbentes levam vantagem na disputa eleitoral em relação aos desafiantes e (2) o desempenho eleitoral deles é estável ao longo do período analisado

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

14/07/2019

Como Citar

JÚNIOR, J. A. da S.; PARANHOS, R.; FILHO, D. B. F.; NASCIMENTO, W.; LIMA, A. F. ENTRE O TRAMPOLIM E A ASCENSÃO: A REELEIÇÃO PARLAMENTAR NO BRASIL (1990-2014). Teoria & Pesquisa Revista de Ciência Política, São Carlos, v. 28, n. 1, 2019. DOI: 10.4322/tp.v28i1.704. Disponível em: https://www.teoriaepesquisa.ufscar.br/index.php/tp/article/view/704. Acesso em: 19 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos

Métricas

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)