A DESIGUALDADE NA PARTICIPAÇÃO POLÍTICA DO PAULISTANO: SEGREGAÇÃO E DEMOCRACIA NA CIDADE DE SÃO PAULO

Autores

  • Ivan Filipe de Almeida Lopes Fernandes

DOI:

https://doi.org/10.4322/tp.v29i2.819

Resumo

A participação política é um dos temas centrais da reflexão sobre a democracia. Não há democracia de qualidade sem o engajamento dos cidadãos. Participação e responsividade são exigências fundamentais para o bom funcionamento da democracia. Posto isto, é fundamental entendermos se e como os diferenciais socioeconômicos são transferidos para o campo da participação política. Exploramos os modos por meio dos quais as diferenças socioeconômicas individuais e contextuais afetam a participação política na cidade de São Paulo. Encontramos evidências acerca da complexidade do fenômeno. De maneira agregada, os diferenciais socioeconômicos individuais, mensurados em termos de renda e educação, afetam o nível geral de participação. Os efeitos são concentrados no topo da distribuição, enquanto as diferenças entre grupos mais vulneráveis e medianos é reduzida. Apesar do nível geral de participação ser baixo, não existem diferenças substantivas devido a fatores socioeconômicos na participação mais institucionalizada como atividades partidárias e conselhos participativos. As diferenças são maiores nas atividades menos institucionalizadas como participação em organizações da sociedade civil, demonstrações e protestos e engajamento virtual. Encontramos evidências que as realidades locais reproduzem segregação e agravamento das desigualdades, uma vez que as mudanças no contexto local ativam a participação dos mais ricos sem efeito sobre grupos medianos ou vulneráveis. As diferenças socioeconômicas na participação são maiores quando as realidades locais são mais ricas, cuja riqueza é auferida pela renda per capita média da região, e mais desiguais, enquanto não há diferenciais socioeconômicos na participação dos indivíduos nos locais mais pobres e mais iguais

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

19/10/2020

Como Citar

FERNANDES, I. F. de A. L. A DESIGUALDADE NA PARTICIPAÇÃO POLÍTICA DO PAULISTANO: SEGREGAÇÃO E DEMOCRACIA NA CIDADE DE SÃO PAULO. Teoria & Pesquisa Revista de Ciência Política, São Carlos, v. 29, n. 2, 2020. DOI: 10.4322/tp.v29i2.819. Disponível em: https://www.teoriaepesquisa.ufscar.br/index.php/tp/article/view/819. Acesso em: 20 jul. 2024.

Edição

Seção

Dossiê

Métricas