ALCKMIN E DÓRIA: DUAS FACES DA MESMA MOEDA? UMA ANÁLISE EXPLORATÓRIA DAS ELEIÇÕES DE 2014 E 2018 PARA O GOVERNO DE SÃO PAULO

Autores

  • Jayane dos Santos Maia
  • Thais Cavalcante Martins

DOI:

https://doi.org/10.4322/tp.v28i2.739

Resumo

O artigo tem por objetivo verificar a distribuição da votação do PSDB para o governo de São Paulo comparativamente entre as eleições de 2014 e 2018, que tiveram, respectivamente, Geraldo Alckmin e João Dória como candidatos. Buscamos avaliar as principais modificações ocorridas no cenário eleitoral que contribuíram para a diminuição em 2018 da votação do partido no estado. A partir dos dados de votação no primeiro turno e do grau de escolaridade média e idade média para mais de 80 mil seções eleitorais, constatamos que, embora a votação de Dória não tenha sido tão expressiva quanto a votação obtida por Alckmin em 2014, o perfil do eleitorado de ambos se assemelha quando visualizamos graficamente a distribuição da votação por grau de escolaridade média e faixa etária média na seção eleitoral. Em ambas as votações os eleitores mais velhos e mais escolarizados tendem a ter um peso maior nas votações dos candidatos

Downloads

Publicado

2019-11-02

Edição

Seção

Artigos