Perfis e trajetórias de parlamentares titulares e suplentes no Senado Federal e na Câmara dos Deputados

Autores

  • Paulo Magalhães Araújo

Resumo

O artigo apresenta um estudo comparado, de cunho descritivo, sobre os perfis sociais e as trajetórias políticas de titulares e suplentes de senadores e deputados federais que atuaram no Congresso Nacional da 47ª à 54ª Legislatura. O objetivo é analisar, em cada Casa, as diferenças entre titulares e suplentes no tocante a seus perfis e trajetórias. O artigo testa a hipótese de que a norma discricionária de indicação de suplentes no Senado resulta numa distância entre senadores e suplentes no tocante aos seus perfis: os titulares se mostram mais experientes e qualificados para a representação do que os suplentes; na Câmara, em contrapartida, sendo mais democráticas as normas de suplência – que se dão pela mesma via em que são eleitos os titulares –, percebem-se menos diferenças entre suplentes e titulares em relação a seus perfis. A análise dos dados referentes a 942 perfis de senadores e 4961 perfis de deputados corroboram a hipótese: senadores se mostram mais experientes do que seus suplentes, enquanto deputados titulares e suplentes revelam perfis mais similares entre si

Downloads

Publicado

2018-09-23

Edição

Seção

Artigos